UOL Olimpíadas 2008 Blogs dos Atletas
 

Sebastián Cuattrin - Remo

09/09/2008

Um Campeonato para entrar para a história

Durante muitos anos me perguntei como seria a canoagem em alguns dos estados brasileiros mais afastados do Sudeste como Pará, Amazonas e Tocantins por, onde sei que existem muitos atletas de e recursos hídricos. Nos últimos anos tenho recebido as respostas para esses questionamentos e encontrado uma canoagem forte, organizada e muito bem estruturada, gerenciada por pessoas que querem ver o esporte crescer e tornar-se uma potência e uma referência na suas cidades e estados. Este é o caso de Tocantins, mais especificamente Palmas, onde participei de um dos melhores eventos realizados no Brasil.  Afirmo isso com a autoridade de quem já rodou o país e o mundo participando de competições de canoagem.

A 9ª Maratona de Canoagem de Palmas, um evento que fez parte das comemorações do 7° Aniversário da formação do Lago de Palmas e do 10° Aniversário de fundação da Federação Tocantinense de Canoagem.

Fiquei impressionado com a organização do evento e a fantástica estrutura montada para receber os atletas. As instalações montadas eram delimitadas com seguranças e um lindo e grande pórtico de entrada onde estava pendurado um caiaque duplo. Barracas com aspersores de água, frutas variadas à vontade, água, local para os atletas com vestiário, banheiros, uma grande barraca com cadeiras e mesas, um palco coberto para shows e entrega de premiações, barracas onde estavam instaladas alguns parceiros do evento com massagistas, brindes e recreadores para as crianças, um evento a nível mundial, muito bem organizado e montado nas areias da Praia da Graciosa com o patrocínio da INVESTCO, empresa responsável pela geração de energia e manutenção das margens e do lago, e o apoio da Prefeitura Municipal de Palmas, Sesi e de parceiros locais.

 

Para mim, o ápice do evento aconteceu bem antes do início das disputas da programação esportiva para os adultos. Esse momento que considero mágico, se deu quando cheguei às 9:00 da manhã no local do evento e encontrei mais de 120 alunos do Projeto Remando no Lago, que conta com o patrocínio da Investco e o apoio da Prefeitura Municipal de Palmas para ensinar a canoagem a 450 crianças de 8 a 18 anos de idade da rede pública de ensino. Sob o comando de seus responsáveis Ton Fernandes e Sargento Fiel, as crianças aguardavam ansiosas para me conhecer.

Fui recebido com muito carinho, ministrei uma palestra com o tema “Superação de obstáculos e dos desafios que a vida nos proporciona tanto no esporte quanto fora dele”. Após tirar as dúvidas deles fui conferir o grande potencial que tem em uma competição realizada em duplas na distância de 300 metros. Fiquei impressionado com o desempenho da garotada que além de remar com uma excelente técnica, o fizeram com muita força de vontade e muita raça. Após as provas que definiram os vencedores pude ter o prazer de entregar as medalhas em companhia da Sra. Fernanda, diretora da Investco que patrocina o projeto.

Para encerrar o evento distribui fotos autografadas para cada um deles. Esse foi um momento muito especial para mim, pude ver bem de perto cada rostinho, conversar e brincar com alguns deles, tirar fotos e sentir o carinho desses meninos e meninas que são o futuro do Brasil como atletas e como cidadãos. Foi um momento muito especial de alegria para eles e principalmente para mim, com certeza ficou marcado na minha memória pelo carinho e pela simplicidade na demonstração de afeto. Sou grato a todos os organizadores por terem me proporcionado tamanha alegria, muito obrigado!

Mas minhas surpresas ainda não tinham acabado elas aumentaram quando entrei nas águas do Lago de Palmas. Completamente cristalina e povoada por peixes de várias espécies de uma beleza rara proporcionada pela natureza em harmonia com o toque da engenharia moderna. Pude contemplar toda a infra-estrutura montada para as competições principais de dentro do lago. Foi uma visão fantástica.

O evento se iniciou às 14:30 com a largada da prova de Enduro a Pé. As 30 equipes participantes compostas por funcionários de empresas e órgãos públicos competiram em um percurso às margens do lago com obstáculos naturais, riachos, montanhas e muito calor. Venceu a equipe que foi mais precisa em relação à velocidade média Ideal e que perdeu menos pontos após a apuração dos tempos de passagem pelos pontos de controle posicionados ao longo do caminho.

Em seguida foi dada a largada da 9ª Maratona de Canoagem de Palmas, com a participação de mais de 120 atletas de Tocantins, São Paulo, Minas Gerais, Goiás, Distrito Federal e Pará disputando nas categorias K1 Olímpico, K1 Escola, Duplo masculino e Open feminino. Com 15 quilômetros de distância percorridos em uma raia triangular de 05 quilômetros, os atletas passavam pela frente da praia 3 vezes recebendo o carinho e os aplausos do grande público presente ao evento. A meta foi na areia, onde o atleta carregava correndo o seu caiaque até a passagem do pórtico de chegada.

Durante a realização das competições de canoagem, foi dada a largada para a prova da 2ª Copa Centro-Oeste de Triathlon, com a presença de mais de oitenta atletas de renome nacional, entre eles a triatheta Marian Ohata. Foram percorridas durante a prova 1,5 quilômetros de natação, 40 de bicicleta e 10 quilômetros de corrida podendo ser feita por um atleta apenas ou no sistema de revezamento.

O final de evento foi marcado por uma confraternização entre todos os participantes das competições, com show de música, entrega das premiações e um coquetel para todos os participantes. Sem dúvida alguma foi um campeonato para entrar para a história.

 

Escrito por Sebastián Cuattrin às 17h20
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]
Perfil

Cuattrin começou a remar aos 13 anos, em Minas Gerais. Hoje, com 35 anos, o canoísta soma títulos: 17 vezes campeão pan-americano de canoagem, 22 vezes campeão sul-americano e 103 vezes campeão brasileiro em várias modalidades.

Busca
Neste blog Na Web

Histórico